Skip to main content

Tetra Pak 1L

Tetra Pak 33cl

Garrafa de vidro 20cl

Tetra Pak 20cl

INGREDIENTES e ALERGÉNIOS

Ingredientes

Sumo e polpa de pêssego, água, açúcar e ácido ascórbico (vitamina C).

 

Condições de conservação

Uma vez aberto conservar no frigorífico.

 

Outras informações

Teor de fruta: no mínimo 50%.

TABELA NUTRICIONAL

Info Nutricional por 100ml

Energia 187kJ - 44kcal
Lípidos <0,5g
- dos quais saturados <0,1g
Hidratos de Carbono  11g
- dos quais açúcares 10,5g
Fibra -
Proteínas <0,5g
Sal <0,01g
Vitamina C 6mg (7,5% VRN*)

* Valor de Referência do Nutriente

DÚVIDAS E CURIOSIDADES

São ambas bebidas com alto teor de fruta e é isso que as distingue de refrigerantes e águas.

Um néctar pode ter entre 25 e 99% de fruta, sendo os limites mínimos legais definidos consoante o tipo de fruta. Por exemplo, o limite mínimo de fruta de um néctar de pêssego é de 50%, enquanto o de um néctar de manga é de 25%.

Os sumos 100% são aqueles que são constituídos apenas por sumo de fruta, sem adição de água.

Beber sumos e néctares Compal contribui para o consumo diário de fruta.

O que não podemos fazer é estabelecer uma relação quantitativa entre litros de sumo e peças de fruta. Para isso, temos Compal Essencial, doses de fruta que garantem a equivalência nutricional a uma peça de fruta.

Porque muitas vezes os processos de produção a partir de fruta fresca e sem concentrados não o permitem por serem demasiado complexos para a produção de sumos em larga escala. No entanto, a Compal assumiu como objectivo caminhar cada vez mais para a valorização do sabor e da frescura, lançando novas propostas todos os anos feitos a partir de fruta fresca e não de concentrados.

Em primeiro lugar convém reforçar que os sumos e néctares Compal são feitos essencialmente de fruta, um alimento benéfico para a saúde e cujo baixo consumo é apontado pela Organização Mundial de Saúde como uma das principais causas de problemas de saúde.

Quando falamos de limites, não podemos dizer que existe um padrão máximo de consumo definido, uma vez que cada pessoa tem o seu quadro de saúde próprio, e os metabolismos diferem bastante entre indivíduos. Esta questão deve ser sempre colocada dentro de um caso específico, e não genérico, pelo que deverão dirigir essas questões ao médico de família, que será a pessoa mais qualificada para saber qual o quadro clínico da pessoa em questão, e se esse mesmo quadro clínico impõe limites ao consumo de determinados alimentos.

Cookies

Este site utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e a sua experiência de utilização do mesmo. Os cookies servem, por exemplo, para identificar o seu dispositivo de acesso, o que é útil para garantir acesso a todas as áreas do site ou para assegurar algumas funcionalidades em particular. Ao navegar neste site está a consentir a utilização de cookies.

Back to top