Skip to main content

ORIGEM E HISTÓRIA

Diz-se que é impossível agradar a Gregos e Troianos. Mas não para o Alperce. Cultivado em zonas temperadas, o alperce é considerado um dos mais deliciosos frutos que existem, o seu aroma e sabor únicos aliado à sua capacidade de conservação, são responsáveis pela sua grande dispersão geográfica.

Durante milhares de anos, os alperces cresceram nas encostas de montanhas na Ásia Central e na China. Na Europa, existem registos de alperce com mais de 2000 anos.

O alperceiro gosta de climas continentais e temperados, sendo o clima mediterrânico o seu preferido. Também pode crescer em climas subtropicais, mas requere aí mais atenção dado estar mais suscetível a doenças e pestes. O cultivo do alperce espalhou-se da China para a Pérsia, de onde Alexandre - o Grande, o trouxe para a Europa.

Devido ao seu enorme desenvolvimento na Arménia, os Romanos chamaram-lhe Armeniacum malum (Macã-da-Arménia). E apesar de ter sido cultivado por Gregos e Romanos, foi com os Árabes que o alperce se espalhou por toda a bacia mediterrânica.

COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL

O alperce é um fruto de grande valor nutritivo. Especialmente rico em vitamina A, veicula também outras vitaminas, açúcares, sais minerais e numerosos oligoelementos.

               Info para 100mg                                 

Energia  48kcal
Água  85,8g
Proteína 0,8g
Gordura Total 0,1g
Hidratos de Carbono Totais 8,5g
Fibra Alimentar 2,1g

 

FRUTAS DO POMAR

Do sabor ao saber há mais frutas por provar e conhecer.

Cookies

Este site utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e a sua experiência de utilização do mesmo. Os cookies servem, por exemplo, para identificar o seu dispositivo de acesso, o que é útil para garantir acesso a todas as áreas do site ou para assegurar algumas funcionalidades em particular. Ao navegar neste site está a consentir a utilização de cookies.

Back to top