Skip to main content

Estamos nos anos 80. Os últimos anos tinham sido de grande agitação e turbulência económica em Portugal. No portefólio, já contávamos com diversos sabores dos nossos sumos & néctares, como é o caso da laranja e os míticos alperce e pera rocha.

Apesar da grande dificuldade que se fazia sentir, quisemos dar um passo em frente, lado a lado com a modernidade, conveniência e inovação: instalamos a nossa primeira linha de enchimento Tetra Pak. As nossas embalagens mudaram e hoje, ao olhar para trás, vemos o quanto esse passo foi importante para a nossa história.

As embalagens de 1L que hoje moram na casa dos portugueses, são do modelo Tetra Stelo™ Aseptic. Compostas por 87,4% de material de origem vegetal, tendo menos 20% de emissões CO2 que uma embalagem de origem não vegetal e é composta 100% por papel FSC®.

O peso também mudou. As nossas embalagens atuais pesam menos 14% do que as embalagens anteriores e as suas tampas provêm de plástico de origem vegetal, desenvolvidas através de derivados de cana de açúcar.

Para além de querermos evoluir de mãos dadas com a tecnologia, também é essencial fazer com que as nossas embalagens promovam a saúde do nosso planeta. Assim, apostamos na reciclabilidade das embalagens, na utilização de materiais de fontes renováveis, na tentativa de redução ao máximo de embalagem - peso e quantidade – e na utilização de materiais reciclados sempre que é possível.

E se o interior é importante, o exterior também. O design é fundamental para a criação de uma embalagem com o menor impacto ambiental possível.

Na hora de desenvolver as nossas embalagens, incorporamos requisitos de desenvolvimento de “Ecodesign/Design for Recycling” de forma a minimizar os impactos ao longo de toda a cadeia de valor. Mas não é tudo: são utilizados materiais de fontes renováveis, incorporamos materiais reciclados, otimizamos a logística, promovemos a reciclabilidade e, acima de tudo, a capacidade de circularização por reciclagem, com os métodos convencionais, das embalagens no final de vida.

Tudo isto é possível ao lado dos parceiros certos. Trabalhamos diariamente com vários parceiros em todas as embalagens Compal, sendo que nos mais estratégicos - com os quais temos uma relação de muito longo prazo - temos inclusive beneficiado de várias soluções piloto, mais avançadas tecnologicamente, como foi o caso da nova embalagem “stelo”, que está disponível na capacidade de 1L.

É através da nossa política de homologação de fornecedores, das nossas certificações, dos nossos processos de desenvolvimento e da qualidade dos nossos profissionais, que temos a garantia de que todos os requisitos e compromissos da marca Compal são cumpridos, no que toca à sustentabilidade das nossas embalagens.

O futuro é importante para a marca Compal. De olhos postos na sustentabilidade e no bem-estar da nossa natureza, há objetivos a cumprir nas embalagens dos nossos sumos e néctares, num programa corporativo “Agenda de Sustentabilidade”, onde, a título de exemplo, temos definido o aumento gradual da incorporação de material reciclado nas nossas embalagens, assegurando a garantia da existência de requisitos de “Ecodesign” no desenvolvimento das nossas embalagens e a promoção do aumento da taxa de recolha seletiva de resíduos de embalagem, contribuindo para alcançar a ambição definida pelo sector a nível nacional.

 

Cookies

Este site utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e a sua experiência de utilização do mesmo. Os cookies servem, por exemplo, para identificar o seu dispositivo de acesso, o que é útil para garantir acesso a todas as áreas do site ou para assegurar algumas funcionalidades em particular. Ao navegar neste site está a consentir a utilização de cookies.

Back to top